Manifesto Aprix

Na busca por eficiência: fazer mais com menos

“The youth are starting to change”
(A juventude está começando a mudar)
— MGMT

Muita coisa aconteceu nos últimos 13.8 bilhões de anos 💥

Nos últimos 20 mil, a humanidade passou de pequenos grupos de caçadores-coletores nômades a grupos cada vez maiores, dependentes da domesticação de plantas e animais. Nos últimos 500, a humanidade experimentou centenas de organizações político-sociais diferentes, sofreu uma explosão demográfica e revolucionou (algumas vezes) a compreensão do nosso lugar do universo. Nos últimos 70, a indústria do hardware conseguiu multiplicar por 10 a nossa capacidade computacional, 8 vezes seguidas, o que representa um aumento de 10 bilhões de vezes.

As revoluções industriais que vivemos em menos de dois séculos foram centradas no aumento da nossa capacidade de produção energética. Tais transformações, baseadas no consumo de carvão e posteriormente de petróleo, acarretaram em importantes disrupções sociais e tecnológicas. Essas tecnologias intensivas em energia vêm possibilitando um salto acelerado na sociedade humana, mas estamos vivendo o final desse ciclo. Ao que tudo indica, o próximo marco energético será atingido com o desenvolvimento da fusão nuclear. Enquanto isso não acontece, viveremos um grande esforço para minimizar a crise climática que se aproxima, buscando realizar uma transição energética para fontes de energia renováveis.

Nesse cenário, a Aprix se posiciona como agente no que se conhece como quarta revolução industrial, caracterizada pelo desenvolvimento das seguintes frentes:

→ Inteligência Artificial
→ Bioengenharia
→ Internet das coisas
→ Energias sustentáveis

Mais especificamente, queremos acelerar o desenvolvimento ético de soluções de inteligência artificial.

No entanto, vemos as quatro frentes como facetas do mesmo fenômeno: a revolução da eficiência. Depois de décadas de um crescimento muito acelerado, nos perguntamos se a maneira como fazemos as coisas não pode ser otimizada, ou seja, se não poderíamos fazer mais com menos. Insatisfeitos com o status quo e sempre buscando resultados excepcionais, nós da Aprix sabemos que sim, é possível!

Estamos vivendo um período de intensa e muito necessária reorganização de todos os processos humanos. Em menos de uma década, startups revolucionaram o transporte urbano, o compartilhamento de imóveis, a compra e venda de bens diversos, a comunicação, os investimentos, a saúde e a educação. Entretanto, metade do alimento produzido na Terra vai fora, milhões de pessoas passam fome, empresas quebram aos montes e pessoas se endividam para a vida toda. De um lado, desemprego massivo, de outro, empresas não encontram mão de obra. O mundo ainda é um oceano azul de processos implorando para serem otimizados.

Nós queremos fazer mais com menos. Mais do que isso; a gente quer fazer mais bem com menos. Com este propósito, neste manifesto, explicamos os meios e os fins nos quais acreditamos. Entendemos que nossos dogmas e métodos irão evoluir com o avanço da ciência, por isso nosso manifesto terá muitas páginas em branco no final, ao contrário de textos sagrados e de outros manifestos escritos ao longo da história da humanidade.

Fazer mais bem com menos

“Mais, avant, il faut qu’on revoit les bases”
(Mas, antes, é preciso rever o básico)
— OrelSan

Acreditamos que todas as pessoas devem ter o direito de usufruir dos avanços tecnológicos. Por isso, devemos nos esforçar para tornar a tecnologia um meio de ampliação da qualidade de vida. Estamos cientes de que a sociedade traz vieses capazes de discriminar pessoas por questões como raça, gênero, nacionalidade, sexualidade, por exemplo. Na Aprix, nós reconhecemos e respeitamos o valor das diferenças humanas e trabalhamos para sustentar um ambiente caracterizado pelo respeito e dignidade onde todas as pessoas possam ser quem são. Entendemos que a pluralidade é essencial para seguirmos inovando e gerarmos um impacto positivo.

Tendo como objetivo a ampliação da qualidade de vida, acreditamos que os processos produtivos humanos têm muito a ganhar em eficiência com novas tecnologias. Áreas como a indústria, o transporte, a saúde, a educação, etc. podem entregar muito mais resultados com os mesmos recursos investidos. Modelização matemática, ciência de dados e IA potencializam as nossas decisões para fazer “mais bem” com menos recursos.

E como acreditamos que podemos chegar lá?

I) Transparência e Democracia

As organizações sociais são dependentes do avanço tecnológico e do sistema moral vigente, nenhuma é atemporal. Nem socialismo, nem capitalismo, nem regimes monárquicos, nem mesmo a democracia. Com novas tecnologias, as regras do jogo mudam e a sociedade clama por eficiência. Entretanto, acreditamos que a democracia se mostra como o melhor sistema criado até então e tem muitas décadas pela frente antes de podermos considerá-la obsoleta.

É muito fácil criticar regimes democráticos, pois graças às mídias e à liberdade de expressão, seus acertos e suas falhas estão escancarados para todos que desejarem ver. Valorizamos a transparência, pois graças a ela podemos ter visibilidade sobre os problemas que acontecem, corrigindo os rumos tantas vezes quantas forem necessárias. Isso é o que permite aos sistemas democráticos evitar o acúmulo de poder prolongado nas mãos de grupos de interesse.

Os poderosíssimos sistemas que serão criados no próximo século devem servir a todos. E que maneira melhor de garantir isso do que com democracia nos governos e transparência em todas as instituições?

II) Confiança no método científico

A metodologia científica é talvez a invenção mais importante de toda a história humana. Acreditamos que a verdade deve ser buscada com base em teorias que podem ser refutadas com experimentos replicáveis. Recusamos respostas simplistas e teorias da conspiração. Defendemos e confiamos na ciência e nas inúmeras instituições produtoras de conhecimento (como universidades, empresas e centros de pesquisa) espalhadas ao redor do mundo.

III) Conservação da biodiversidade

Acreditamos que todo projeto deve levar em conta suas implicações ecológicas, afinal a natureza é uma fonte interminável de eficiência e temos muito o que aprender com ela. Por isso devemos preservá-la. Estamos recém começando a entender os métodos da biologia e como a vida realiza processos tão complexos com tão pouca energia. Um exemplo disso são as reações químicas que fazemos com grande ineficiência em nossas indústrias por ainda não termos a capacidade de projetar catalisadores com a maestria da natureza terrestre.

IV) Protagonismo na transformação

Queremos ser parte importante na construção da próxima versão do mundo, não meras engrenagens que sustentam o velho. Independentemente da sua atuação ou da sua organização, é bom que isso faça parte de um plano muito importante! Acreditamos que nosso valioso tempo deve ser investido em propósito e em impacto, a partir de resultados excepcionais, e não na manutenção da ordem das coisas. Aceitamos tomar riscos e assumimos responsabilidade por nossos erros e acertos, não poderia ser diferente. Acreditamos que a transformação é atingida a partir de colaboração e crescimento conjunto de todas as pessoas envolvidas, a partir de uma cultura forte de feedbacks.

O protagonismo pode e deve acontecer em todos os lugares. Inovações que podem ser usufruídas por todos devem ser construídas pelas mais diversas pessoas, com culturas e experiências diferentes. Não aceitamos que tudo que é novo deve continuar vindo do Vale do Silício. Distribuir geograficamente o protagonismo é criar soluções que atendam a todos os públicos e isso não necessariamente precisa passar pelos grandes centros.

Rumo à construção

Com esses princípios, nosso objetivo é colocar a mão na massa hoje, na construção de um mundo mais eficiente e melhor para todos os seres.

Convidamos todas e todos a se juntarem, da forma como puderem, à revolução🌱🚀🌍

Mais de 70% das empresas não dominam a área de pricing

Aqui na Aprix acreditamos que tudo começa com a busca por conhecimento. Inscreva-se em nossas newsletters para receber semanalmente as atualidades do Aprix Journal e nossa curadoria de conteúdos.

Interessado em agendar uma demonstração do nosso sistemas? Preencha o formulário abaixo e retornaremos mais breve possível para marcar a sua demo.